"Os homens, para serem verdadeiramente ganhos, precisam ser ganhos pela verdade".

C. H. Spurgeon

A postila de Qualificação de Obreiros Parte I

Ver comentários Comentar
A pouco tempo, tivemos a necessidade de separar alguns irmãos para o ministério ordenado (Diácono e Presbítero), O que nos surpreendeu, foi a tamanha dificuldade que tivemos para encontrar crentes realmente preparados para o exercício dos ofícios eclesiásticos. Nossa saída foi qualificar os candidatos para poderem abençoar a igreja verdadeiramente, por isso também disponibilizo em diversas partes, uma apostila de qualificação de obreiros. Se houver interesse de adquirir o material imediatamente, basta deixar o e-mail na caixa de comentário que certamente enviarei o arquivo gratuitamente.

“Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade.” (2Tm 2. 15) [JFA] RA.  Para refletir: Esse imperativo de Paulo a Timóteo é usado frequentemente para regular a vocação ministerial na igreja, deve ser o objetivo maior do obreiro modelo. Aqueles que são chamados por Deus para servir à sua igreja. “Procura apresentar-te a Deus aprovado”. Nos fala de diligencia, cuidado e uma visão clara de para quem, estamos trabalhando e de quem nos vocacionou. Sabendo que o soberano Deus, nos recompensará, com aquela recompensa que não se pode comprar com ouro e prata, uma herança eterna e incorruptível. Aprovado nos mostra a necessidade de respeitarmos o tempo da aprovação, ou seja, o obreiro deve ser testado, avaliado ou sabatinado. Embora o texto nos dê a ideia que essa aprovação é estabelecida pelo próprio Deus, não significa que Ele não possa usar a igreja para estabelecer um sistema criterioso de averiguação desse obreiro, a igreja têm autoridade de avaliar e qualificar aqueles que são chamados ao ministério. “como obreiro que não tem de que se envergonhar”. Ou seja, que não tem motivo para envergonhar-se, que tenham boa reputação, diante de sua família, vizinhança e igreja interessante notar que o testemunho está em primeira análise como imprescindível para o obreiro. “que maneja bem a palavra da verdade”. Essa seção coloca a prioridade comum a todo obreiro, manejar bem o termo no gr. significa fazer um corte reto, ou em linha reta, sem sinuosidade e desvio, levando a verdade a todos de acordo com a doutrina cristã estabelecida por Cristo e seus Apóstolos. Esse é nosso grande desafio.

Ivan Cesar da Silva Barboza. 

Uma Frase Compensatória: "O aprendizado nunca termina. Não existe parte da vida que não contenha lições. Se você está vivo, há lições para aprender." (autor desconhecido).

 Objetivos da Lição:
Ao término desta Lição o Aluno Deverá saber Basicamente:
1. Como aplicar a ética cristã em seus vários aspectos morais e existenciais;
2. Que a ética no convívio eclesiástico ajuda no bom funcionamento da mesma;
3. Que a Homilética ajuda evitar erros aos que pretendem falar na igreja;
4. Aplicar algumas técnicas de homilética na exposição do sermão;
5. Identificar a pessoalidade do tratamento divino em relação ao homem;
6. Humanizar o tratamento do obreiro com os membros, entendendo que Deus que é Santo quer esse relacionamento.
7. Que os atributos Comunicáveis de Deus servem para nosso deleite espiritual e identificação com a natureza do Pai.
8. Os pontos relevantes sobre administração eclesiástica melhoram o serviço na igreja.
9. Que a administração eclesiástica está sujeita a reformulações de acordo com o serviço e necessidade da igreja.
10. O obreiro eficaz não é aquele que consegue fazer tudo (ser Perfeito), mas aquele que está pronto para ser corrigido, dividindo com os demais, as dificuldades e méritos do serviço Eclesiástico.

Introdução: Essa Apostila traz em seu corpo, disciplinas que são necessárias para melhorar o desempenho e compreensão dos candidatos ao ministério ordenado, é claro que, não temos a pretensão de acharmos que nela estará contida todas informações necessárias para formar obreiros, mas daremos uma noção básica de temas que ajudarão a aguçar o interesse de cada obreiro vocacionado por Deus. Essa apostila não substitui a importância e necessidade dos obreiros se qualificarem melhor, através de um curso de teologia. Alguns tópicos que serão tratados:

Índice:

Ética Cristã: • Definição do Termo Ética.................................................. 04 • 
Os Alicerceies da Ética Cristã............................................ 05 • 
A Vontade de Deus.......................................................... 05 • 
A Lei do Amor................................................................. 06 • 
Casos Éticos Típicos Atuais............................................... 06 1. 
Namoro Noivado e Casamento...................................... 06 2. 
O Divórcio.................................................................. 06 3. 
O Homossexualismo.................................................... 07 4. 
A Política e a Igreja..................................................... 07 5. 
A Ética Ministerial do Obreiro de Cristo........................... 07 6. 
Ordenação de Mulheres ao Ministério Cristão.................. 08 
Homilética: • Definição do Termo a Homilética....................................... 08 • 
A Classificação dos Sermões............................................. 09 • 
Acertos e Erros Mais Comuns Entre Pregadores................... 09 • 
A Classificação do Sermão................................................ 09 • 
Trabalhando na Estruturação do Sermão............................ 13 
Teologia Própria: • A Doutrina de Deus......................................................... 15 • 
A Pirâmide do conhecimento humano................................. 17 • 
É impossível Conhecer Deus Plenamente............................ 17 • 
É Possível Conhece-lo Experimentalmente.......................... 18 • 
A Revelação Geral de Deus e seu Significado...................... 18 • 
A Revelação Especial de Deus e seu Significado.................. 19 • 
Atributos Incomunicáveis de Deus.................................... 23 • 
Atributos Comunicáveis de Deus....................................... 24 
Teologia pastoral /Administração Eclesiástica: • O que é Administração Secular e a Eclesiástica.................... 25 • 
Administração sob o Ponto de Vista do AT. NT..................... 26 • 
Funções do Governo da Igreja.......................................... 27 • 
A Disciplina na Igreja....................................................... 27 • 
A Organização da Igreja Local........................................... 28 • 
Como Elaborar um Estatuto............................................. 30 • 
Redigindo uma ATA......................................................... 31 • 
Recrutamento Seleção Treinamento e Exclusão de Membros..31

1 comentário

rogerio belo disse...

pastor.rbelo@gmail.com

Postar um comentário

Sejam Bem-vindos ao meu blog:
Sejam livres para comentar as postagens, respeitando as opiniões diferentes da sua, com argumentos relacionado com a mesma. Támbem as críticas construtivas serão bem-vindas, desde que elas estejem livres de:
1) Palavrões
2) Heresias
3) Anonimato, (não me vejo obrigado a publicar qualquer comentáro, em que a pessoa seja anonima, na minha opinião isso é covardia).
No mais aproveitem.
Ivan Cesar S Barboza.
Contato para: eventos, estudos, mensagens e pregações ou somente um bate papo.
Tel: (021) 31551930
e-mail: ivanblackcesar@gmail.com
twitter: http://twitter.com/ivancesarbarboz

Orare e Labutare

"Orare e labutare foram palavras empregadas por Calvino para resumir a sua concepção hermenêutica. Com estes termos ele expressou a necessidade de súplica pela ação iluminadora do Espírito Santo e do estudo diligente do texto e do contexto histórico, como requisitos indispensáveis à interpretação das Escrituras."

Paulo R. B. Anglada

Total de visualizações de página

  © Blogger template 'Perfection' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP