"Os homens, para serem verdadeiramente ganhos, precisam ser ganhos pela verdade".

C. H. Spurgeon

Bento XVI Declara: A verdade sou eu.

Ver comentários Comentar
 O papa Bento XVI afirma que a Igreja Católica é a única representante de Cristo.
Essa auto-imagem tem mais de 2 000 anos.



(Outro dia, eu estava assistindo uma mensagem do Pr. Juanribe, onde ele contesta está afirmação do bento XVI líder da igreja romana, até que resolvi publicar uma postagem sobre a matéria).

No documento divulgado pelo Vaticano na semana passada, o papa Bento XVI reforça um aspecto central da doutrina católica. Intitulado Respostas a Questões Relativas a Alguns Aspectos da Doutrina sobre a Igreja, o texto reafirma a Igreja Católica como a única Igreja de Cristo. Elaborado pela Congregação para a Doutrina da Fé em forma de perguntas e respostas e ratificado pelo papa, o documento tem por objetivo esclarecer interpretações teológicas modernosas, surgidas com o Concílio Vaticano II, na década de 60. "As comunidades cristãs nascidas da Reforma do século XVI não conservam a genuína e íntegra substância do mistério ¹eucarístico e não podem ser chamadas Igrejas em sentido próprio, segundo a doutrina católica", diz o texto. A declaração causou protestos entre os protestantes e os ortodoxos. Acusa-se o papa de dificultar o diálogo ecumênico. Mas bancar as madalenas enganadas não passa de jogo de cena dos cristãos não-católicos. Afinal de contas, em mais de 2.000 anos de história, a Igreja Católica nunca relativizou essa posição.
(Comentando a afirmação: Para quem conhece o mínimo de história da igreja de cara identifica um erro grave em tal afirmação, sabemos que a Igreja Romana não tem 2000 anos de existência e sim no máximo 1700 anos. Tendo sido fundada Pelo Imperador Constantino em 313 d.C.  logo após sua conversão. Que alguns dizem que fora por conveniência, pelo ,fato desta religião estar se espalhando de forma avassaladora; Outros dizem que ele aderiu ao cristianismo pelo fato de sua mãe ser cristã, e para protegê-la ele converteu-se; Outros dizem que fora uma conversão genuína)   

(1-É uma celebração em memória da morte sacrifical e ressurreição de Jesus Cristo. Também é denominada "comunhão", "ceia do Senhor", "primeira comunhão", "santa ceia", "refeição noturna do Senhor".)


O próprio nome da Igreja expressa como ela sempre se enxergou única. A Igreja é Católica (palavra de origem grega que significa "universal"), (Comentando a afirmação: O nome fora escolhido pelo imperador Constantino, "universal", pelo fado dela ser a igreja do império romano e com isso ela era universal por abranger o mundo antigo subjugado por Roma) Apostólica (fundada por Pedro e Paulo, herdeiros diretos da verdade de Cristo), (Comentando a afirmação: Esta é mais uma afirmação equivocada, a igreja católica não foi fundada por nenhum dos dois apóstolos, e sim fundada por Constantino, eles sequer fundaram uma igreja cristã em Roma, a igreja em Roma fora fundada provavelmente por viajantes prosélitos romanos que vieram a Jerusalém por ocasião das festas judaicas, quando ouviram a mensagem do apóstolo Pedro depois da descida do Espírito Santo, (At 2. 9) e Romana (não há legitimidade cristã fora do âmbito papal).

A unicidade é reforçada, ainda, por dois dos oito títulos exibidos por um papa – o pontífice romano é o Vigário de Jesus Cristo e o Sucessor do Príncipe dos Apóstolos (Pedro). (Chegando mais tarde. Na verdade, a situação era ainda mais complicada do que Irineu imaginava. Tudo indica que a comunidade cristã de Roma foi fundada por um anônimo seguidor de Jesus, provavelmente um judeu da Palestina que se juntou aos dezenas de milhares de membros da comunidade judaica da capital do Império Romano. São Paulo, ao escrever para os cristãos de Roma na década de 50 do século 1, em nenhum momento menciona a presença de Pedro na cidade. ( Comentando a afirmação: O apóstolo Pedro munca ostentou o titulo de príncipe de coisa alguma, assim também como nunca foi líder de igreja, ele era sim um pregador alguém muito usado por Deus e com muita iniciativa , mas só, os católicos confundem disposição, iniciativa, autoridade espiritual com um reinado apostólico. em uma ocasião o apóstolo Paulo e Barnabé tiveram uma contenda em Antioquia, quando apareceram uns judaizantes dizendo que para serem salvos os cristão deveriam observar a Lei de Moisés e circuncidar-se pelo que eles causaram tamanha confusão no meio da igreja. Decididos a reparar este problema Paulo, Barnabé e alguns irmão de Antioquia Foram a Jerusalém pedir orientação aos apóstolos. Onde foi realizado o primeiro concílio da igreja Cristã, sob o tema: Um gentio convertido ao evangelho deve guardar a lei e circuncidar? O apóstolo Pedro toma a palavra e dá seu testemunho referente a experiência que tivera em casa de Cornélio e de como Deus operou entre os gentios, depois Paulo e Barnabé também testemunharam os acontecimentos e como os gentios se convertiam ao Senhor. Por último Tiago, (meio irmão do Senhor) Tomou a Palavra, corroborando com o testemunho de Pedro e ele determinou que enviasse cartas por mãos de alguns irmão as igrejas determinando qual seria o procedimento com os gentios que se convertessem. Bom com está breve observação do Texto de (At 15. 1-35), fica claro que quem era o líder da igreja de Jerusalém era Tiago e as decisões eram tomadas em comum acordo, entre os Apóstolos e anciãos da igreja, (At 15. 23).
(E também o Cristianismo é antes do catolicismo, os crentes do primeiro século A. D. foram chamados de Cristãos (At 11. 26), em momento algum foram chamados de católicos, o termo nem existia,(referindo-se aos cristãos), só foi criado no ano 313 d. C. por Constantino).
 
Fonte: revista Veja edição 2017

2 comentários

Lucas disse...

Não vejo erro algum... O Saudoso Papa Bento XVI é o herdeiro legítimo da Cátedra de PEDRO. E a igreja Católica é a única que é verdadeiramente nascida do sangue do lado de Cristo, diferentemente das 500 milhões de seitas protestantes que se erguem em cada esquina, quer dizer antes só tinha uma em cada esquina, agora são duas em cada esquina. A igreja é UNA SANTA CATÓLICA APOSTÓLICA E ROMANA...
SALVE ROMA...
PAX DOMINI SIT SEMPER VOBISCUM...

Ivan César da S Barboza disse...

Meu Querido, para sua informação o apóstolo pedro não fundou igreja em Roma, e não foi o primeiro Papa,. e muito menos a igreja católica tem sua data de fundsação no ano I da era cristã, ela foi fundada no IV século da mesma era , por constantino.

Postar um comentário

Sejam Bem-vindos ao meu blog:
Sejam livres para comentar as postagens, respeitando as opiniões diferentes da sua, com argumentos relacionado com a mesma. Támbem as críticas construtivas serão bem-vindas, desde que elas estejem livres de:
1) Palavrões
2) Heresias
3) Anonimato, (não me vejo obrigado a publicar qualquer comentáro, em que a pessoa seja anonima, na minha opinião isso é covardia).
No mais aproveitem.
Ivan Cesar S Barboza.
Contato para: eventos, estudos, mensagens e pregações ou somente um bate papo.
Tel: (021) 31551930
e-mail: ivanblackcesar@gmail.com
twitter: http://twitter.com/ivancesarbarboz

Orare e Labutare

"Orare e labutare foram palavras empregadas por Calvino para resumir a sua concepção hermenêutica. Com estes termos ele expressou a necessidade de súplica pela ação iluminadora do Espírito Santo e do estudo diligente do texto e do contexto histórico, como requisitos indispensáveis à interpretação das Escrituras."

Paulo R. B. Anglada

Total de visualizações de página

  © Blogger template 'Perfection' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP